Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A MARIA RITA

A MARIA RITA

Sex | 25.04.14

personal | 25 de abril de 1974

Ana Vieira
translate here

Hoje celebra-se um dia demasiado importante para ser passado em branco, por nós, portugueses. 
Penso que quem nunca viveu os momentos de opressão antecessores do 25 de Abril nunca irá entender o verdadeiro significado deste dia. Falo por mim. Por muito que pense entendê-lo, sei que nunca o vou perceber na sua totalidade. Afinal, a falta de liberdade porque passei um dia foi-me apenas imposta pelos meus pais que, na verdade, fizeram apenas para me proteger. Se custou? Óbvio. Mas não se pode estabelecer uma comparação entre birras de criança e o que se passou em Portugal durante a ditadura. Na verdade, pude sempre dizer o que penso, o que me apetece. Pude fazer tudo o que quis, ou quase tudo. Pude andar livremente na rua. Cantar, gritar, dançar, festejar. Pude viver à vontade. E é por isso que este dia é tão importante, porque sem ele, provavelmente ainda viveríamos presos, sem liberdade. Ou não, podia ter acontecido uma outra revolução, num outro dia. Mas não aconteceu, e estamos aqui hoje graças a esta data, 25 de Abril de 1974. 
Um grande obrigada!

picture from internet

facebook | bloglovin google + | instagram


xoxo, Ana

7 comentários

Comentar post